Os danos causados pela agua sanitaria e sabao em po.

Professor de Química ensina como lavar roupas sem causar danos à saúde

Sabão em barra pode causar queimaduras nas mãos e a mistura de sabão em pó com água sanitária é muito perigosa

Da Redação do pe360graus.com
Reprodução / TV Globo
Foto: Reprodução / TV Globo
Sabão, amaciantes e alvejantes são alguns dos produtos de limpeza mais comuns no ambiente doméstico – mas nem por isso são inofensivos. O uso contínuo sem a proteção adequada prejudica a saúde da pele e a mistura de alguns deles põe em risco as vias respiratórias, segundo o professor de química Gylton Lira (foto 2).

As profissionais da Cooperativa das Lavadeiras de Olinda já sabem que muita espuma não quer dizer que a limpeza vai ser boa. "A espuma faz parte do mecanismo de limpeza. Deve estar espumando para limpar, mas é um erro dizer que quanto mais espuma, mais está limpando. Vários detergentes muito eficientes praticamente não fazem espuma, como os detergentes em pó usados na máquina de lavar roupa. De forma proposital são acrescentadas substâncias antiespumantes para que a espuma não saia da máquina e a limpeza está sendo muito bem realizada", diz Gylton.

Brancura nem sempre prova que a roupa está limpa – pode ser apenas o efeito dos pigmentos brancos do sabão em pó que notamos melhor sob o efeito de uma luz negra. "Principalmente os detergentes em pó se valem de substâncias que nós chamamos de branqueadores óticos”, afirma. São pequenos pigmentos que ficam impregnados na fibra do tecido e absorvem uma parte da luz do sol, devolvendo a luminosidade branca. “É interessante observar que isso pode estar associado à limpeza. Se pegarmos uma camisa branca e mergulharmos em uma substância contendo detergente em pó, essa camisa branca for removida sem ser feita nenhuma limpeza, ela já vai ter um aspecto mais branco", esclarece.

O professor mostra que o simples ato de lavar roupas, se não for feito do jeito certo, pode causar danos à saúde. O uso diário de sabão em barra, por exemplo, pode provocar queimaduras nas mãos. "Ele é originado de óleo, de gorduras e da soda cáustica, que nós usamos para desentupir pias e é bastante corrosiva e tóxica. Aquela mão seca na verdade foi queimada superficialmente pela soda cáustica. Pode gerar descamação, dermatite, inflamação na mão. A grande dica é usar luvas", explica o professor.

A mistura de sabão em pó com água sanitária é muito perigosa. “Já fui faxineira por muitos anos e toda vez que eu ia lavar os banheiros misturando água sanitária com sabão em pó meu olfato mudava. Então quando eu terminava de lavar que saía do banheiro, não tava sentindo cheiro de nada, apenas de água sanitária", diz a lavadeira Maria do Carmo. "A água sanitária tem o hipoclorito de sódio dissolvido na água. Se quisermos usar água sanitária devemos usar ela primeiro e depois enxaguar as roupas para utilizar outro produto. A mistura de detergente em pó com água sanitária faz a gente sentir uma temperatura diferente na água. Significa que há uma reação química, que libera o gás cloro, que é tóxico", diz o professor.